Make your own free website on Tripod.com
Lar dos Gatos

Home
Noticias
Introdução
Os Ancestrais dos Gatos
Os Primeiros Gatos
Domesticação
Dicas
Escolhendo um Gato
Instinto Selvagem
Raça e Carater
Gatos e Crianças
Os Sentidos
Higiene e Cuidados
Curiosidades
Características
Acasalamento e Filhotes
Cores e Pelos
Cronicas, Poemas e Histórias
Homenagem
Fotos
Nomes de Gatinhos e Gatinhas
Contate-me
Links

Domesticação

gato5.jpg

Foram encontrados ossos do gato selvagem africano (Felis silvestris libyca) em cavernas habitadas por homens pré historicos. Talvez nossos ancestrais apenas os tenham caçado, matado e comido; mas também é provavel que tenham criado e domesticado filhotes selvagens e os tenham utilizado para eliminar animais daninhos.
No Egito por volta de 3000 a.C., quando a agricultura já estava desenvolvida, empregavam-se gatos rajados que apresentavam uma pelagem parecida com a do gato selvagem africano para defender os estoques de cereais do ataque dos roedores. Esses guardiões felinos se tornaram tão uteis para os egipcios que estes passaram a considera-los como verdadeiros deuses.

A difusão dos gatos de pelo curto:

Ios gatos rajados domesticos do Egito foram levados para a italia pelos comerciantes fenicíos e lá se instalaram muito antes da era cristã. A disseminação pela Europa foi lenta; no século X d.C. os gatos ainda eram raraos na Inglaterra. O primeiro registro de gatos domesticos nas ilhas britanicas data de 936.

A difusão dos gatos de pelo longo:

É provavel que os gatos domesticos de pelo curto descendam dos gatos selvagens da Europa e da Africa. Já os de pelo longo devem originar-se de felinos selvagens do Irã e do Afeganistão, descendentes, por sua vez, do peludo manul da Asia central.

A introduçao das raças:

O conceito de raça felina surgiu em meados do século XIX, com as principais mostras de gatos. Os gatos de raça foram desenvolvidos por criadores a partir dos tipos domesticos normais. Ao longo dos anos, tem sido identificada novas raças, a medida que os apreciadores de gatos descobrem animais incomuns, que efetivamente são de linhagem.

____________________________________________________________

Os primeiros gatos selvagens africanos provavelmente foram domesticados ainda nas cavernas e aldeias pré-históricas, onde há vestígios de sua passagem. Em 1983, no Chipre, uma escavação arqueológica descobriu um osso de maxilar felino em uma aldeia neolítica. Mas os primeiros gatos realmente tiveram sua domesticação comprovada no Antigo Egito, onde gatos eram adorados como deuses. Dar um gato de presente era sinal de grande afeição, era o presente mais valioso que alguém poderia receber. Em qualquer situação de risco, os gatos eram os primeiros a serem salvos.
O gato era a encarnação viva da Deusa Bastad (Deusa da fertilidade). Por isso era idolatrado por aquele povo. Quem matava ou feria um gato recebia pena de morte. Quando o gato da família morria, este era embalsamado, e todos raspavam as sobrancelhas e guardavam luto.
Eram tomadas providências para que o gato tivesse uma boa vida no outro mundo, sendo comum embalsamarem-se ratos junto ao corpo. Uma pintura mostra a mãe do faraó Akhnaton alimentando um grande gato peludo em um banquete. Por volta de 950 a.C., o culto ao gato estava no apogeu. Milhares de múmias de gatos foram encontradas no Egito. Em 1889, 19,5 toneladas delas foram exportadas para a Inglaterra, moídas e usadas como fertilizante.
Com a popularidade dos gatos em alta, surgiu o tráfico, mesmo com a proibição, alguns traficantes davam um jeito de exportarem alguns animais, e foi assim que os gatos se expandiram pelo mundo a fora, tendo como base para as diversas raças existentes hoje o Siamês, o Oriental e o Persa.



::Relembrando
O ancestral dos felinos surgiu na terra a cerca de mais ou menos nove milhões de anos. Este animal era carnívoro, tinha o corpo longo e pernas curtas e eram chamados de miacis. Dez milhões de anos mais tarde surgiu o primeiro carnívoro que se assemelhava aos gatos, portanto, dez milhões de anos antes do aparecimento do primeiro cão.
A mais ou menos quarenta milhões de anos atrás surgia o primeiro felino que recebe o nome de Dinictus. Este animal tinha o tamanho de um lince, e cérebro bem pequeno. Este primeiro felino devia estar muito bem adaptado a sua região uma vez que permaneceu imutável em uma época em que todos os mamíferos estavam sofrendo transformações.
Os felinos são os animais que mais preservaram seus instintos naturais, estando até hoje praticamente imutável.